Archive for the ‘Virtualização e Hyper-V’ Category

Windows Thin PC – WinTPC

junho 15, 2011

 

Ribeirão Preto (aleluia, estou postando algo de RP) Acabei de receber uma informação que achei importantíssima para quem está pensando em trabalhar com soluções de VDI da Microsoft: o Windows Thin PC ou vulgo WinTCP. É uma versão, digamos, reduzida do Windows 7 para PCs legados se transformarem em um Thin Client. E o mais importante: com suporte ao RemoteFx. Mais informações aqui.

Para quem testar, tem que ser feito o cadastro no programa connect. A versão ainda está em RC, portanto não tenho informações com relação ao custo.

Posso afirmar que ele é um passo anterior à adoção de um Thin Client com Windows Embedded.

Se for de graça, vai ser perfeito. Mas acho que estou querendo demais.

Abraços,

Carlos Monteiro.

Como licenciar corretamente o ambiente de desktops virtuais–VDI

janeiro 25, 2011

 

Muitas pessoas ficam perdidas, quando o assunto é licenciamento de desktops virtuais, já que existem muitas varáveis envolvidas. O Marcelo Matias fez um excelente post sobre isso. Recomendadíssimo!

http://marcelomatias.wordpress.com/2011/01/21/como-licenciar-o-windows-em-ambiente-vdi/

Enjoy it!

Carlos Monteiro.

Videos sobre implantação de nuvem privada com soluções Microsoft

janeiro 19, 2011

 

Para quem está procurando informações detalhadas sobre implantação de nuvem privada com soluções Microsoft, principalmente para aqueles que já possuem ou conhecem as soluções da VMware, seguem excelentes vídeos que foram divulgados pelo Blog do Danilo Bordini e estão disponíveis no TechNet.

O link para os vídeos está aqui: http://technet.microsoft.com/pt-br/gg578594

Neles é possível aprender como fazer o inventário da sua infraestrutura de servidores para implantar de forma correta uma solução Microsoft de virtualização de servidores. Você aprenderá também a instalar e configurar o Hyper-V bem como instalar e configurar o Microsoft System Center Virtual Machine Manager 2008 R2 para gerenciar um ambiente de virtualização de servidores.

Além disso, os vídeos demonstram como implantar a proteção de maquinas virtuais através do System Center Virtual Machine Manager e System Center Data Protection Manager. O foco e mostrar como implantar um ambiente de alta disponibilidade.

Por fim, é demonstrado como gerenciar hosts de virtualização baseados em soluções Vmware, além de gerenciar recursos avançados como o PRO Tips do System Center Operations Manager 2007. Além disso, novos recursos como o Dynamic Memory  e o conhecido Live Migration são demonstrados.

Abraços,

Carlos Monteiro.

Como iniciar uma máquina virtual (VM) do Hyper-V via PowerShell, de forma agendada

novembro 23, 2010

Olá Pessoal!

Durante uma conversa com um amigo, fui questionado como poderia ser o processo de start de uma VM do Hyper-V via PowerShell, de forma agendada. Então, vamos lá!

Para isso, inicialmente precisamos saber como pode ser schedulado um script PowerShell. Basta fazermos o seguinte no prompt do PowerShell:

set-executionpolicy RemoteSigned

Esse cmdlet autoriza a execução de scripts do PowerShell, de forma agendada.

Na sequência, basta criarmos um script PowerShell para iniciamos a VM:

#O nome da VM a ser startada
$VMName = “Windows Server 2008”

#Obter informações sobre o objeto da VM
$query = “SELECT * FROM Msvm_ComputerSystem WHERE ElementName='” + $VMName + “‘”
$VM = get-wmiobject -query $query -namespace “root\virtualization” -computername “.”

#Fazer uma requisição para alterar o stado da VM
$Result = $VM.RequestStateChange(2)

Basta salvar esse arquivo com a extensão “.ps1”. No nosso exemplo, vamos salvar como IniciaVM.ps1.

Com relação ao parâmetro RequestStateChange, as seguintes opções podem ser usadas:

Enabled – 2: Turns the VM on.

Disabled – 3: Turns the VM off.

Reboot – 10: A hard reset of the VM.

Reset – 11: For future use.

DMTF Reserved – 13–32767: Reserved.

Paused – 32768: Pauses the VM.

Suspended – 32769: Saves the state of the VM.

Vendor Reserved – 32770–65535: Reserved.

Para iniciarmos o nosso script, basta chamarmos ele com esse comando:

powershell -command “& ‘IniciaVM.ps1’ “

Basta colocarmos esse comando em um arquivo “.bat” ou “.cmd” e agendarmos no agendador de tarefas.

Ahh, e para darmos shutdown na VM? Basta usar o velho comando shutdown.exe via prompt normal:

shutdown.exe –r –f –t 01 –m \\hostnamedaVM

Esse comando também  pode ser schedulado via arquivo “.bat” ou “.cmd”.

Simples não?

Abraços,

Carlos Monteiro.

Suporte à mouse no Hyper-V para Linux CentOS

agosto 30, 2010

 

Recentemente tive a necessidade de usar o mouse em um Linux CentOS virtual, instalado no Hyper-V. Para ativar o mouse nessas circunstâncias, demos fazer o seguinte:

– Instalar os componentes de integração para Linux (existe um post antigo onde explico esse procedimento);
– Faça o download de “inputvsc.iso” em http://www.xen.org/download/satori.html;
– Anexe a ISO na VM;
– Na máquina virtual execute “mkdir /mnt” e “mount /dev/hdc /mnt”;
– Crie um diretorio adicional com “mkdir -p /opt/inputdriver”;
– Copie o conteúdo da ISO para esse diretório com “cp -pr /mnt/* /opt/inputdriver”;
– Desmonte o CD com a ISO usando “umount /mnt”.
– Ejete a mídia via console do Hyper-V;
– Vá para o diretório “cd /opt/inputdriver”;
– Instale a dependência “yum install xorg-x11-server-sdk”;
– Instale o driver do mouse com “perl setup.pl inputdriver”;
– Reinicie a VM e inicie a interface gráfica para verificar se tudo está funcionando.

Abraços,

Carlos Monteiro.

Instalando os componentes de integração para Hyper-V no Linux CentOS

agosto 25, 2010

 

Pessoal, tive essa necessidade há um tempo e estou compartilhando com vocês.

Introdução

Para que o Linux CentOS consiga reconhecer as interfaces de rede nativas Hyper-V, é necessário alguns passos.

1. Download dos componentes de integração para Linux

Realize o download do exe aqui. Copie a iso para o servidor do Hyper-V e adicione a midia à máquina Linux.

2. Instalação

Para a instalação, é necessário o “Development Tools”. O caminho mais curto é via Yum.

yum groupinstall "Development Tools"

Ou utilize os pacotes rmps que estão armazenados no próprio cd do CentOS.

Em seguida, execute essa seqüência de comandos

mkdir -p /mnt/cdrom
mount /dev/cdrom /mnt/cdrom
cp -rp /mnt/cdrom /opt/linux_ic
umount /mnt/cdrom

Em seguida, vamos criar uma nova imagem initrd com os drivers necessários:

cd /opt/linux_ic
./setup.pl drivers

Reinicie a VM Linux e execute o seguinte comando para verificar se o driver foi instalado:

lsmod | grp vsc

netvsc                 73704  0
storvsc                66824  0
blkvsc                 70440  3
vmbus                  86120  3 netvsc,storvsc,blkvsc
scsi_mod              196569  6 scsi_dh,sg,storvsc,blkvsc,libata,sd_mod

Se o driver sintético foi instalado corretamente, com ifconfig -a aparecerá uma interface seth0.

Abraços,

Carlos Monteiro.

Excelente resumo sobre “Por que virtualizar?”

abril 27, 2010

 

Se vocês querem um excelente resumo sobre por que virutalizar e qual tecnologia escolher, basta dar uma olhada no artigo http://fabiohara.spaces.live.com/blog/cns!61F254701739206!3462.entry#comment do Blog do Fábio Hara.

Vale à pena!